Vicente Thomaz

Biografia
Nome: Vicente Thomaz Portal de Matos
Data de Nascimento: 22/02/1990
Posição: Zagueiro Central / Volante
País: Brasil
Cidade: Porto Alegre
Estado: RN
Quando tinha apenas 6 meses de idade seu pais se mudaram para Boa Vista - RR, e desde então moram lá.

Leia na Íntegra

Quando tinha 6 anos de idade, por gostar muito de uma bola, seu pai o colocou em uma Escolinha em sua cidade, e desde então tinha em mente que seria um jogador de futebol profissional.

Entre os seus 15 e 17 anos, seu pai o levou para fazer testes em alguns Clubes do País como Grêmio (RS), Internacional (RS), Ponte Preta (SP), mas não conseguiu ficar.

Com 17 anos foi campeão do Campeonato Estadual Sub-17 de Roraima pelo Baré Esporte Clube (RR) em 2007.

No ano seguinte em 2008 foi profissionalizado pelo Clube do Atlético Roraima (RR), ainda com 17 anos.

E no mesmo ano em 2008, fez um teste no Clube do Bonsucesso do Rio de Janeiro onde foi aprovado e assinou contrato. Joguei pelo Clube Bonsucesso seis meses e foi vendido para o Clube do Boa Vista também do Rio de Janeiro em janeiro de 2009, assinando um contrato de 5 anos.

No mesmo ano de 2009, foi emprestado para o Clube Al marykhia em Doha no Qatar. Passou uma temporada na Arábia onde alcançou o seu auge como atleta. E foi lá no Qatar onde começou a sua conversão à Jesus.

Enquanto estava no Qatar, sua noiva na época tinha conhecido o Evangelho por meio de uma amiga da faculdade em Boa Vista - RR, e começou a estudar a Bíblia e decidiu ser batizada. O Vicente não sabia da decisão da sua noiva.

Certo dia ela começou a falar de Jesus para ele. Ele e a família, sempre foram católicos, e apesar de estar quase sempre aos domingos na igreja, ainda não tinha ouvido falar sobre Jesus da maneira que ela tinha falado, e, na sua visão todas as igrejas evangélicas eram iguais.

E de tanto ela falar de Jesus para ele, decidiu conhecê-LO melhor. FOI QUANDO UM BRASILEIRO DO MESMO CLUBE QUE ELE JOGAVA, O CONVIDOU PARA IR EM UMA IGREJA BRASILEIRA LÁ NO QATAR. ELE PRONTAMENTE ACEITOU. AO CHEGAR NA IGREJA O MISSIONÁRIO QUE ESTAVA PREGANDO ERA O JOGADOR DE FUTEBOL Magno Alves, QUE HOJE JOGA NO FLUMINENSE E QUE ALIÁS, É UM HOMEM DE DEUS E UM GRANDE AMIGO. Ele pregava sobre Joao 14:6 que diz que Jesus é o caminho a verdade e a vida e que ninguém vai ao Pai se não por Ele. Foi onde Deus falou ao seu coração de maneira muito forte. “Eu aceitei a Cristo como meu Senhor e Salvador e fui correndo para casa para ligar para minha noiva na época e avisar da maravilhosa notícia”.

Ela ficou muito feliz, porem meio receosa porque a Igreja em que ele tinha aceitado a Cristo era uma igreja pentecostal. Ela continuou falando a ele sobre a Graça de Jesus e seu amor, e também falou da obediência a sua lei.

Chegou o momento que o Vicente foi perguntar ao seu pastor porquê não guardar o sábado? O pastor não soube responder, e ele sabiamente não insistiu. Alguns dias depois o missionário e jogador Magno Alves o convidou para ir à sua casa. Depois de conversarem bastante, O Vicente anunciou que ele e a namorada estavam frequentando a Igreja Adventista. Ele ficou preocupado e disse que a igreja Adventista era uma seita, e lhe mostrou um livro que falava sobre “Seitas e Heresias”. E nesse livro falava da igreja adventista como seita. Mas o ponto mais crucial foi quando o Vicente leu o motivo pelo qual o autor do livro dizia: “20 razoes pelas quais não guardamos o sábado”. E em uma dessas razoes dizia: “Não guardamos o sábado porque ele não é um mandamento importante”! O Vicente conta que quando leu isso, “fiquei muito pensativo porque pensei comigo mesmo: Como um mandamento de Deus não é importante? ” E isso ficou em sua mente até voltar para o Brasil.

De volta para o Brasil, e com o término do noivado, a mãe da sua ex-noiva lhe ofereceu estudos bíblicos, e ele prontamente aceitou. Ela deu estudos com um amigo e depois de dois meses estudando a bíblia pode enxergar as verdades de Deus e FINALMENTE ACEITOU O BATISMO. FOI BATIZADO EM 25 DE JULHO DE 2010 NA IGREJA ADVENTISTA CENTRAL DE BOA VISTA.

Vicente ainda tinha contrato com o clube do Boa Vista até 2014, e não sabia como resolver isso, porem estava confiante em Deus. Outro problema grande que ele enfrentou foi com seus pais em sua casa, que até hoje não o aceitam o fato dele deixar de jogar futebol e ganhar muito dinheiro por causa do sábado. Mas mesmo assim continuou tentando jogar profissionalmente, e jogou em alguns Clubes de sua cidade que aceitavam que ele guardasse o sábado.

Em 2011, após ter reincidido seu contrato com o Boa Vista (RJ), foi jogar no clube do São Raimundo (RR) e já tinha propostas para voltar para o mundo árabe, os três melhores times do Qatar lhe fizeram propostas. Mas na primeira partida pelo São Raimundo (RR), em pleno sábado às 17:00 horas, ele entrou no segundo tempo, depois do pôr do sol, porém, com 10 minutos de jogo, teve uma torção no joelho esquerdo que o afastou por quase um ano dos gramados. Fez cirurgia, e em 2012 voltou a jogar pelo clube do Real de São Luiz (RR).

Continuou na busca do sonho de continuar sendo jogador de futebol, porem as dificuldades eram maiores cada vez que testemunhava de sua fé em Jesus, inclusive do sábado do Senhor.

Em 2013 estava no Clube do Náutico (RR), onde participou do Campeonato Brasileiro da série D. E no mesmo ano recebeu proposta para voltar para o mundo árabe de novo, só que agora no Kuwait. Tinha colocado suas exigências, inclusive de não jogar aos sábados.

O empresário na época lhe disse que não era problema e que iriam respeitar a sua religião. Feliz com essa decisão, foi para o Kuwait na esperança de continuar a sua carreira de jogador sem ter que transgredir os mandamentos de Deus. Porém, chegando lá, depois de duas semanas, antes de começar o campeonato, a federação de lá trocou o calendário da liga, e os jogos passaram a ser todas sextas à noite. Com essa notícia, Vicente muito triste e conversou com o presidente do Clube dizendo que não seria possível jogar na sexta à noite devido a sua religião porque guardava o sábado do Senhor. O presidente tentou convencê-lo a jogar, mas graças a Deus ele permaneceu firme na fé e na decisão de servir até ao fim o seu Senhor. Apesar da pressão de seus pais e da grande quantidade de dinheiro que foi oferecido.

Seu pai lhe telefonou e disse que se ele voltasse para casa por causa disso, poderia esquecê-lo definitivamente.

O Vicente permaneceu firme em sua decisão, e então voltou para casa. Por um milagre de Deus seu pai não estava mais com raiva, apesar da tristeza e decepção.

Depois de deixar o futebol profissional, o Vicente começou a reconstruir sua vida. HOJE é formado em Educação Física e é um personal trainer. Mora com seus pais e, graças a Deus, eles respeitam, apesar de não concordarem com a minha religião.

NA IGREJA, atua no clube dos desbravadores e no Ministério jovem. Vai prestar vestibular para engenharia florestal em outubro desse ano de 2016.

Nome
Atlético Roraima Clube-RR Atlético Roraima Clube-RR
Bonsucesso Sport Clube-RJ Bonsucesso Sport Clube-RJ
Al marykhia (Doha - Qatar) Al marykhia (Doha - Qatar)
Baré Sport Clube-RR Baré Sport Clube-RR
São Raimundo-RR São Raimundo-RR
Associação Esportiva Real-RR Associação Esportiva Real-RR
Náutico-RR Náutico-RR
Al Tadhamon (Kuwait) Al Tadhamon (Kuwait)
Categoria Nome
Estadual Roraimense
Estadual Taça Otavio Pinto Guimaraes de Juniore
Nacional Campeonato de Júnior Série A
Estadual Carioca Série B
Internacional Liga Árabe
Nacional Copa do Brasil
Nacional Brasileiro Série D
Campeonato Ano
Nenhum título encontrado!


Comentários Facebook

Veja Também

Siga-nos